Noivas de Portugal

Portugal Fashion: Elegância e Criatividade

  Tempo de leitura: 3 minutos

PARTILHE ESTE CONTEÚDO

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
CONSTANCE-Web-Banner-Noivas-de-Portugal-700x920px-2

NEWSLETTER

Todas as novidades da Noivas de Portugal no seu e-mail.

Portugal Fashion: Elegância e Criatividade

O Portugal Fashion, um dos eventos mais aguardados do calendário da moda em Portugal, regressou este outono com a sua 53ª edição, apresentando ao público as deslumbrantes coleções destinadas às próximas estações, no aguardado ano de 2024.

Fotografias: Sérgio Pereira – Realce & Lifestyle

Nestes cinco dias consecutivos, o mundo da moda convergiu para celebrar a criatividade, o talento e a inovação no setor. O destaque deste ano recaiu sobre o novo espaço escolhido para a realização dos desfiles, o emblemático Museu do Carro Elétrico, situado no Porto. A escolha demonstrou-se um tributo à beleza arquitetural do local e à sua proximidade com o Rio Douro.

Assim, para além de conferir um cenário magnífico aos desfiles, também se alinha com a crescente preocupação ambiental, promovendo a sustentabilidade, sobretudo no que toca à mobilidade elétrica.

Luís Onofre

Luís Onofre, o renomado designer de calçado de Oliveira de Azeméis, deslumbrou com a sua coleção “Bossa Nova”. Inspirada pelo Brasil e pela alegria intrínseca à sua cultura, a coleção evoca a icónica escadaria de Selarón, no Rio de Janeiro, e celebra a diversidade cultural brasileira.

O designer, mais conhecido pela excelência dos seus saltos altos em sandálias, sapatos fechados ou botas, surpreendeu ao trazer uma série de sapatos rasos, demonstrando a sua versatilidade também no domínio desportivo. Em palavras do designer, “O Brasil é o fascínio do sol, cor e melodias que se cruzam para celebrar o verão.”

Luís Onofre - Portugal Fashion
Luís Onofre - Portugal Fashion

Miguel Vieira

Por sua vez, Miguel Vieira deslumbrou com uma coleção que destacou looks masculinos com estampados florais, uma explosão de cores vibrantes como o laranja flamejante, o fúchsia e o azul cobalto. Os fatos de homem apresentaram-se estruturados, sofisticados e elegantes, com cortes e detalhes refinados. Para completar os looks, Miguel Vieira introduziu sandálias de piscina com tachas douradas. No âmbito feminino, a coleção destacou-se por peças leves, fluídas e repletas de movimento, com vestidos soltos que mantiveram a sofisticação e a sensualidade em cada detalhe.

Miguel Vieira
Miguel Vieira

Pé de Chumbo

Sob a criatividade de Alexandra Oliveira, apresentou a coleção “Shoot Me Down”. Nesta coleção, tons de amarelo, rosa, preto e branco reinaram, revelando matérias-primas fabulosas feitas à mão por artesãs de Guimarães. A coleção trouxe à tona texturas únicas, oscilando entre o esconder e o revelar da pele. A marca destacou dois temas distintos: cores fortes para um estilo mais streetwear e tons neutros para ocasiões festivas. Com uma inspiração vintage, as franjas e a sensualidade das silhuetas slim foram protagonistas, proporcionando uma experiência única e sofisticada.

Pé de Chumbo - Portugal Fashion
Pé de Chumbo - Portugal Fashion

Keneea Linton

A designer, nascida e criada na vibrante ilha da Jamaica, brilhou com a sua estética tropical chique, misturando-a com elementos da moda contemporânea. Comprometida com a sustentabilidade, Keneea Linton apostou em tecidos ecológicos e métodos de produção éticos, demonstrando que a moda pode ser elegante e respeitar o ambiente.

Keneea Linton - Portugal Fashion
Keneea Linton - Portugal Fashion

Nopin

Com a sua nova coleção “Sea Charm”, assinada por Catarina Pinto, destacou-se ao glorificar o mar e as suas tradições. A coleção incluiu detalhes notáveis, como redes de algodão orgânico feitas em tear e rendas recicladas, que representam a tradição e o sofrimento feminino. Os desenhos incorporaram elementos do mar, refletindo o perigo e a dor, enquanto riscas assimétricas mostraram a rebeldia do oceano. A coleção transmitiu uma mensagem importante sobre a preservação do ambiente marinho.

Nopin - Portugal Fashion
Nopin - Portugal Fashion

Gondomar Original Jewellery

No âmbito do programa “Gondomar Original Jewellery”, seis marcas da cidade tiveram a oportunidade de exibir as suas peças originais num desfile que se destacou pela sua singularidade.

Ao contrário do que o público está acostumado, o centro da passarela foi decorado com três cubos de exposição, proporcionando um cenário cativante para destacar as preciosas joias. Os modelos posaram elegantemente sobre essas plataformas, realçando a beleza das criações.

Além de promover a originalidade, o desfile reafirmou o compromisso em preservar as técnicas antigas, transmitidas de geração em geração, que são a essência desta coleção única. Todas as peças são meticulosamente produzidas à mão nas tradicionais oficinas de ourivesaria em Gondomar, com o ouro 800 português como elemento-chave, perpetuando assim a herança e a qualidade da ourivesaria tradicional.

Gondomar Original Jewellery - Portugal Fashion
Gondomar Original Jewellery - Portugal Fashion

Nuno Miguel Ramos

Nesta coleção do designer Nuno Miguel Ramos, o branco foi, sem dúvida, a cor de destaque, estando presente em todos os figurinos. O uso de folhos e tule na maior parte das roupas criou a sensação de grande dimensão e volume, em contraste com uma ou outra peça mais justo – sem intermédios! Algumas transparências foram cobertas com véus, que mostraram não ser só para as noivas.

No entanto, estas também se viram representadas na passarela, com um vestido de noiva volumoso, apertado na cintura e de decote em coração, com alças finas. Os acessórios e sapatos prateados metálicos acentuaram o look e fizeram com que este vestido combinasse perfeitamente com o resto da coleção.

Nuno Miguel Ramos
Nuno Miguel Ramos

House of Wildflowers

Dentro do programa Bloom, dedicado aos jovens criadores do Portugal Fashion, surgiu a House of Wildflowers, apresentando um estilo que pode ser denominado “pastel punk” ou “rough romantic”.

O designer israelita, Amir Shavit, apresentou um desfile que começou com tons sombrios e terminou com uma nota de esperança, representada por um vestido de noiva acompanhado por um simples ramo de flores. Além disso, o desfile abordou a temática do conflito Israel e Palestina, lembrando-nos de que a moda também pode servir como plataforma para discussões mais profundas e conscientização.

House of Wildflowers
House of Wildflowers

O Portugal Fashion permanece desprovido do respaldo de fundos provenientes da União Europeia, e as oportunidades para novas candidaturas apenas deverão surgir no término do primeiro trimestre do ano vindouro. Consequentemente, o evento corre o risco iminente de encerrar, tal como tem vindo a alertar ao longo das últimas três edições.

Em resumo, a 53ª edição do Portugal Fashion foi uma celebração da criatividade, da inovação e da consciência ambiental. Os designers que participaram demonstraram, mais uma vez, que a moda é uma forma de arte que transcende fronteiras e pode transmitir mensagens poderosas para o mundo. O Museu do Carro Elétrico proporcionou um cenário deslumbrante para este evento, e a moda portuguesa continuou a afirmar o seu lugar de destaque na cena internacional.

NEWSLETTER

Todas as novidades da Noivas de Portugal no seu e-mail.

REGISTAR

Publicidade

Entre em contacto connosco

Obrigado pelo seu interesse.

Entraremos em contacto consigo brevemente.